Pesquisar Postagens

quinta-feira, 18 de março de 2010

Conchoraptor

Imagem:

O Conchoraptor foi um dinossauro terópode que viveu no final do período Cretáceo, há aproximadamente 80 milhões de anos, na Ásia. Ele media entre 1 e 2 metros de altura.
Uma coisa que o diferenciava de outros dinossauros da mesma família é que ele não apresentava uma crista óssea.
As características de sua boca indicava que se alimentava de moluscos.
O Conchoraptor foi descrito por Rinchen Barsbold, em 1986, sendo que foi descoberto na formação Nemegt, Mongólia, em 1970.
No princípio, os cientistas acreditavam que o espécime se tratava de um Oviraptor pequeno, e a ausência da crista óssea significava uma fase de amadurecimento do dinossauro.
Posteriormente, novos estudos mostraram que não era um Oviraptor, e sim um dinossauro um pouco diferente. E foi assim que se criou esta nova espécie.

Fonte:
Wikipedia

quarta-feira, 3 de março de 2010

Tarbossauro


O Tarbossauro foi um dinossauro carnívoro terópode, que viveu no final do período Cretáceo, há aproximadamente 70 milhões de anos, onde hoje é a Ásia.
Seus fósseis foram encontrados na Mongólia e na China. Apenas uma espécie de Tarbossauro é atualmente válida: o Tarbosaurus bataar.
O Tarbossauro foi um parente próximo do Tiranossauro, bípede e pesando mais de uma tonelada, apesar de ser mais pequeno. Mede aproximadamente 10 metros de comprimento e 4 metros de altura. O crânio, medindo 1,30 de comprimento só era menor que o do Tiranossauro.
Foi descoberto em 1946, em uma expedição ao deserto de Gobi, na Mongólia, na província de Ömnögovi. Os restos consistiam em vértebras e um crânio. Seu nome, Tarbossauro, vem do grego "saurus" que significa "lagarto" e "tarbo" que significa "alarmante".
A maioria dos fósseis são da formação Nemegt, no sudeste da Mongólia.

Fonte: