Pesquisar Postagens

domingo, 24 de maio de 2009

Carnotauro



O Carnotauro, que significa ''Touro carnívoro'', foi um dinossauro terópode da família Abelisauridae.


Viveu no Cretáceo Superior, há aproximadamente entre 65 e 71 milhões de anos atrás, no Campaniano e Mastrichtiano, onde hoje é a América do Sul.


O mais notável deste dinossauro é seus dois chifres encima dos olhos, de sua pequena cabeça, sendo o primeiro carnívoro a apresentar esta característica. Também se achou pequenas impressões na pele, que apresentavam pequenos escudos ósseos.


Junto com o gênero Abelisaurus, deu a uma família mais nova de predadores mesozóicos, os abelisauridaes.


O Carnotauro foi um dinossauro que media 9 metros de comprimento e 3,5 metros de altura, e pesava mais de 1500 quilogramas (1,5 tonelada). Sua cabeça era pequena, em comparação aos outros carnívoros do mesmo porte, com 60 centímetros de comprimento e dentes de 4 centímetros.

Seu crânio era pequeno, más era forte e resistente. O Carnotauro possuia um rabo fino e comprido, que o proporcionava equilíbrio.

O Carnotauroi foi encontrado na patagônia, Argentina, na província de Chubut, em 1985. Seus restos pertencem a formação La Colonia, e foi muito importante esta descoberta, pois fez com que os cientistas tivessem uma idéia de como era a pele dos dinossauros.

Observação do autor: Na minha opinião, este foi o dinossauro mais feio que já existiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: os comentários não serão revisados, porém eles poderão ser excluídos se apresentarem linguagem inadequada ou qualquer tipo de ofensa.