Pesquisar Postagens

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Dinossauro encontrado na Argentina

Foto do Bicentenário Argentino. Crédito: Conicet/Governo da Argentina.

Pesquisadores argentinos anunciaram a descoberta do novo dinossauro com um nome particular: Bicentenário Argentino. Os restos do dinossauro foram encontrados na província de Rio Negro, e o dinossauro foi batizado pelo Museu Argentino de Ciências Naturais. "É muito provável que seja o primeiro representante encontrado de uma nova linhagem dentro da família dos 'celurossauros', dinossauros que eventualmente deram origem às aves", disse o Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas (Conicet), órgão do qual faz parte o MACN.
O chefe do MACN, Fernando Novas, disse que apesar da família dos celurossauros incluir espécies como o Tiranossauro Rex e o Velociraptor, "não se sabe muito sobre as formas primitivas, os primeiros celurossauros".
Os dinossauros adultos teriam entre 2,5 e 3,0 metros de comprimento e provavelmente eram caçadores, devido à presença de garras e dentes afiados e serem ágeis e magros.
Pesquisadores acreditam que o dinossauro teria sido coberto de penas.
As rochas onde se encontravam o Bicentenário Argentino tinham cerca de 90 milhões de anos de idade, época do início do Cretáceo superior, o mesmo período de dinossauros como Tiranossauro Rex e Velociraptor. A nova espécie deverá ser importante para as pesquisas sobre a evolução das espécies, já que os celurossauros eram parentes muito próximos às aves.

Referências bibliográficas:
1 - Descoberta na Argentina nova espécie de dinossauro carnívoro - Ciência - iG;