Pesquisar Postagens

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Pegadas Reveladoras



As pegadas são um dos meios mais usados pelos paleontólogos para estudar dinossauros e outros animais pré-históricos. Quando um animal anda na areia, por exemplo, suas pegadas deixam pistas por onde ele andou. As pegadas ajudam os cientistas a estabelecer o tamanho do animal pelo tamanho da pegada, e até sua velocidade: Quanto maior o espaço entre duas pegadas, mais rápido é o animal. Com o tempo, as pegadas deixadas pelos dinossauros se fossilizaram e hoje nos contam como os dinossauros viviam na Terra. Geralmente, as pegadas "mais recentes"(mas que tiveram bastante tempo para se fossilizarem) estão mais bem preservadas. Mas com a ação do vento, da água e de outros fatores, as pegadas podem desaparecer, como quando você faz uma pegada na praia, mas o mar faz com que ela desapareça; mas se você fizer uma na terra, por exemplo, ela pode sobreviver por muito tempo.
Recentemente franceses descobriram pegadas gigantes com até 1,5 metro de diâmetro na cordilheira Jura, que há 150 milhões de anos era lar de Saurópodes. Como se sabe, os Saurópodes são os maiores dinossauros, e por isso, o tamanho das pegadas não é novidade.

Imagem:

Um comentário:

Atenção: os comentários não serão revisados, porém eles poderão ser excluídos se apresentarem linguagem inadequada ou qualquer tipo de ofensa.