Pesquisar Postagens

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Iguanodonte



O Iguanodonte foi um dinossauro Ornitópode, que viveu no final do período Cretáceo, há aproximadamente 130 e 120 milhões de anos, onde hoje é a Europa.

Foram descritas muitas espécies de Iguanodonte datadas do Kimeridgiano, final do período Jurássico, no Cenomaniano, do Cretáceo Superior, na Ásia, Europa e América do Norte.

Mas a investigação na século XXI sugere que somente há uma espécie bem conhecida, o I. Bernissartensis, do Cretáceo Superior, na Europa.
Descoberto em 1822, e descrito 3 anos mais tarde pelo geólogo inglês Gideon Mantell. Foi batizado por ele com o nome Iguanodon, pelo qual se deriva da iguana, e da palavra grega odontos (dente), devido à semelhança entre os dentes do Iguanodonte e da iguana atual.

o Iguanodonte foi um robusto herbívoro que podeia alternar entre as posições bípede e quadrúpede.
A espécie I. Bernissartensis, pode ter pesado algo em torno de três toneladas, medindo 10 metros de comprimento, quando adulto, e alguns espécimes que podiam alcançar 13 metros.
Seus braçoes eram longos, com até 75% do comprimento das pernas.
O primeiro resto encontrado que pertencia à um Iguanodonte foi um dente fossilizado, econtrado pela esposa de Gideon Mantell, mary Ann Mantell, no bosque Tilgate, Cuckfield, Inglaterra.

Anos depois, foi encontrado um espécime mais completo, em Maidstone, o qual Mantell adquiriu e identificou-o, baseando-se nos dentes que tinha.
Um dos primeiros detalhes notados nos Iguanodontes foi que tinha dentes de um réptil herbívoro.
O própio Mantell notou que os restos que trabalhara eram diferentes aos de qualquer réptil moderno, especialmente na desdentada mandíbula inferior.
A parte frontal do Iguanodonte era balanceada por causa da longa e rígida cauda que possuía.


Fontes:

Imagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: os comentários não serão revisados, porém eles poderão ser excluídos se apresentarem linguagem inadequada ou qualquer tipo de ofensa.